Google+ Followers

terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Centésimo (O) macaco



 Um macaco capturado e preso  numa jaula não sabe fugir de lá .
Aconteceu a mais um segundo  um terceiro e um quarto macacos encarcerados juntamente com ele. Foi-se aumentando o número até se chegar ao CENTÉSIMO macaco e a jaula desfez-se em bocados e todos fugiram.
Moral da História:
Se enquanto sozinho um indivíduo é quase impotente, em grupo actuando em conjunto, pode quebrar a mais forte das correntes.


Esta ideia foi também  aplicada  ao misterioso fenómeno da massa crítica de transferència de informação, através de animais ou da espécie humana.
O fenómeno foi pela primeira vez observado, em Inglaterra, em 1952, quando os distribuidores de leite com cápsulas em metal ( Até então as garrafas de leite eram seladas com papelão. )
.Chapim azul:
Um passarito, o Chapim azul, depressa descobriu como furar a cápsula e beber o leite. Esta descoberta feita por esses pequenos pássaros aconteceu em Londres e espalhou.se rápidamente pelo sul de Inglaterra.


Ao principio o alastramento aconteceu a  um ritmo que podia ser explicado em termos perfeitamente gerais. O hábito estava a alastrar de acordo com a observação; um chapim via outro a furar a cápsula com o bico e copiava a técnica.


Mas subitamente  em 1955 deu-se uma mudança . De repente todos os chapins azuis assim como todos os chapins da Europa, sabiam o truque. O número de pássaros com tal conhecimento tinha atingido a massa crítica, produzindo uma explosão de informação relevante através da espécie


 A este fenómeno o cientista britânico Rupert Sheldrake inventou o nome para o descrever e chamou-lhe :
«Ressonância Mórfica»

Sem comentários :

Enviar um comentário