Google+ Followers

sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

Ramon Lull e o elixir da vida



Ramon Lull ( o nome é muitas vezes anglicizado para Raymond Lulley) e considerado umas das figuras importantes do Ocultismo
Foi um  importante escritor, filósofo, poeta, missionário e teólogo da língua catalã. Foi também um prolífico autor em árabe e latim, bem como em langue d'oc. Mas não é sobre essas suas qualidades literárias que vou escrever .

 Segundo reza a historia, quando era jovem e cavaleiro, apaixonou-se por uma mulher casada.

Quando ela tentou afastá-lo, sugerindo gentilmente que a sua paixão era tão grande que seria necessária uma eternidade para a conter, Ramon passou a dedicar a sua vida e os 30 anos seguintes à alquimia, em busca do «elixir da vida».


A lenda diz que Lull, encontrou a poção mágica, e bebeu-a tornando-se imortal. Mas quando procurou a sua amada para partilhar o elixir com ela, ela revelou-lhe que estava a morrer de uma doença incurável e que só a morte lhe traria consolação.
Nessa altura Lull, cheio de dor, converteu-se ao cristianismo, e vagueou pelo mundo provocando deliberadamente a fé islãmica na esperança de que o matassem.
Muitos tentaram. Mas Lull protegido pelo elixir sobrevivia sempre. Por fim, quando já era muito velho e com uma grande reputação como evangelista, Lull, foi apedrejado  até à morte, depois do Senhor se ter apiedado dele.


O martirio de Ramon Lull:


A realidade da vida de Lull, é mais dificil de descobrir
Nasceu em 1235 em Maiorca e morreu em 1315.
Segundo se sabe foi  *Senescal em Maiorca num determinado periodo da sua vida possivelmente praticando a alquimia .
Os seus trabalhos alquimicos foram popularizados por  Sir George Ripley, que afirmou neles que Lull, transformou grandes quantidades de mercurio, estanho e chumbo, em ouro, para Eduardo III. de Inglaterra.

* Um senescal era um oficial das casas nobres durante a Idade Média .
 Aos senescais eram atribuídas responsabilidades adicionais como administração da justiça e altos comandos militares.
O termo é provavelmente de origem gótica

 Ramon Lull, é beato da Igreja Católica





























Sem comentários :

Enviar um comentário