Google+ Followers

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

Dogones

Sendo um povo primitivo de camponeses,  muitos ainda habitam em cavernas - nas montanhas Hombori, no sul do Mali.

Como povo, são um mistério fascinante pois preservam no âmago secreto da sua religião informações precisas sobre o sistema estelar Sirius, impossivel de obter sem o auxilio de equipamento astronónico sofisticado e que só foi confirmado por astrónomos em 1970.
Os Dogones afirmam, que a informação lhes foi transmitida por visitantes extraterrestres do sistema Sirius.
A estrela a que os Dogones chamam Po Tolo, chama.se Sirius B nas modernas cartas astronómicas. Não é visivel a olho nu e não foi feito qualquer registo da sua existência pelo ocidentais, até em 1844 terem sido notadas irregularidades dos movimentos da mais visível estrela da constelação de Cão, Sirius A. Os cálculos sugeriam que esses movimentos podiam ser causados pela influência gravitacional de um segundo corpo estelar ainda não descoberto.
Em 1930 antropólogos franceses que trabalhavam em pesquisa de campo, foram pela primeira vez iniciados nos mistérios profundos da religião Dogone, e considerando a sua origem absolutamente espantosas.
               .


Os Dogones primitivos sabiam que os planetas orbitam em torno do Sol - e tinham calendários para o Sol, a Lua, Vénus e a estrela Sírius. Sabiam que Saturno tem anéis e Júpiter tem à sua volta quatro luas grandes.Mas este conhecimento astronómico tem pouca importancia quando comparada com a informação com a informação que têm de Sírius B.
Foram capazes de dizer aos antropólogos, que era o mais pequeno tipo de estrela, era de cor brancae extremamente pesada. Foram ainda capazes de dizer que a órbita de Sírius B é uma eclipse em torno de Sírius A,  que a estrela roda sobre o seu eixo e que a órbita tem um período de 50 anos.


Donde veio toda esta informação?


Foi trazida da própria Sírius dizem os Dogones por alienigenas anfíbios chamados oannes em veículos com a forma de ovo que caíram no Mar Vermelho. Os seres, que eram «metade peixe, metade homem» ensinaram à humanidade a astronomia a escrita, rudimentos de engenharia, e um sistema legal
.
                                     


Imagens: https://pt.pinterest.com/

Sem comentários :

Enviar um comentário