Google+ Followers

segunda-feira, 6 de junho de 2016

... era uma vez um Santo António



Ao deparar-me  com tão insólito achado, primeiro pensei no lírios do campo,do Érico Veríssimo. Se calhar deu-lhe para os " olhar" ao aproximar-se o dia dele.
Depois pensei nos "insondáveis caminhos do Senhor"...e aquele encontro poderia ser até premonitório,  para mim.. Cruzes CREDO, e fiz FIGAS com os dedos.. (mal não faz e acalma pensamentos negativos...  
Depois. ficou a interrogação... Que andaria este pobre de Cristo a fazer no meio dos lírios do campo, e com o menino ao colo??
...
Outras gentes outros  costumes.Cestos com  fruta, garrafas de espumante invariavelmente vazias,velas, pão, e até frangos mortos e colocados numa espécie de ritual...Já encontrei de tudo  Desta vez calhou a vez ao Santo Antoninho...ao lado e mais à frente encontrei bujigangas femininas colares de contas , chávenas com conteúdos estranhos e já ressequidos sacos com ervas esquisitas e sei lá que mais.
Que mais nos irá acontecer???
 Pago para ver!!!

Sem comentários :

Enviar um comentário